Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - Misturacor
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Abel Baptista expulso do CDS-PP por ter sido candidato contra o partido nas autárquicas

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 14:52,Qui, Janeiro, 2018

PUBLICIDADE

O CDS-PP expulsou o ex-deputado Abel Baptista por ter concorrido à Câmara de Ponte de Lima encabeçando uma lista independente contra o partido nas últimas eleições autárquicas.

“Não fui notificado. Não tenho informação. Pelos vistos o partido não sabe o meu número de telefone, de e-mail, a minha morada. Seguirei o meu caminho, com os mesmos valores, de humanismo, de solidariedade e de serviço aos mais desprotegidos”, disse Abel Baptista.

Abel Baptista defendeu que “o partido tem valores que apregoa, mas não pratica, da democracia cristã e da liberdade” e diz sair “com alguma desilusão”, ao fim de mais de 40 anos de militância, em que passou pelas estruturas de juventude, locais, distritais e nacionais e pela Assembleia da República.

Os estatutos do CDS-PP estabelecem no seu artigo 6.º que são deveres dos membros: “Não se candidatar, em circunstância alguma, em listas de outras forças partidárias ou em listas de independentes contra listas do Partido, sob pena de aplicação de sanção disciplinar de expulsão”.

Nas eleições autárquicas de 01 de outubro de 2017, o CDS-PP manteve a liderança na Câmara Municipal de Ponte de Lima, com 52,11% dos votos, garantindo cinco dos sete lugares do executivo municipal.

O movimento independente, apoiado pelo PS, e liderado por Abel Baptista, Ponte de Lima Minha Terra (PLMT), conseguiu 23,66% dos votos.

RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative