Estamos a melhorar a sua experiência no nosso site.
Novidades brevemente!

Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Desentupimentos e Limpeza de Fosas, Assistência a Caldeiras, Detecção de Fugas de ÁguaDesentupiemntos Industriais e DomésticosAssistência Cladeiras e Esquentadores
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Investimento de 25 mil euros requalifica altares de Igreja de São Tiago de Anha

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 12:48,Sex, Março, 2018

PUBLICIDADE

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, por unanimidade, a realização de um protocolo de apoio a obras de restauro da Igreja de São Tiago de Anha, no âmbito do programa Valorizar o Património.

O apoio, aprovado esta quinta-feira, em reunião ordinária do executivo municipal, complementa a candidatura ao Subprograma 2 integrado no Programa de Equipamentos Urbanos de Utilização Coletiva efetuada pela Fábrica da Igreja.

Os 25 mil euros agora atribuídos pelo município vão permitir o restauro da talha dos altares laterais, as sanefas, os sanefões e os púlpitos e a renovação do Coro Alto daquele que é o mais antigo templo consagrado a Santiago de Compostela, fora do território espanhol. Foi sagrado pelo Bispo Nausto no ano de 862, pouco tempo depois da descoberta do túmulo do Apóstolo.

A iniciativa integra o programa Valorizar o Património, o programa de valorização do património construído com os objetivos de qualificar espaços de valor arquitetónico, histórico e artístico relevante para o território; dinamizar o potencial cultural destes espaços enquanto locais privilegiados de fruição cultural; e promover e valorizar os espaços referidos enquanto locais de visitação e atratividade turística.

O programa “Valorizar o Património” tem vindo a privilegiar alguns edifícios que se incluem neste domínio do Património Cultural e que apresentam algumas condições de risco ou desadequadas, a saber: risco de colapso físico, acesso e circuito condicionados, obras de arte em avançado estado de deterioração, ausência de conteúdos e sinalética.

Em  junho de 2017 foi assinado, entre a Direção Geral das Autarquias Locais, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte e a Fábrica da Igreja Paroquial de São Tiago de Anha, um protocolo para financiar a empreitada de remodelação e recuperação daquela igreja.

O contrato de financiamento dizia respeito a 50 por cento do valor de investimento – mais de 90 mil euros –, e integra o Programa de Equipamentos Urbanos de Utilização Coletiva (subprograma 2) que permite reabilitar uma igreja de elevado valor patrimonial de estilo barroco do século XVIII.

RAM -
RAM -
RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative