Estamos a melhorar a sua experiência no nosso site.
Novidades brevemente!

Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Desentupimentos e Limpeza de Fosas, Assistência a Caldeiras, Detecção de Fugas de ÁguaDesentupiemntos Industriais e DomésticosAssistência Cladeiras e Esquentadores
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior na Cimeira IPVC

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 17:20,Ter, Abril, 2018

PUBLICIDADE

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor vai estar presente na Cimeira do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) que começa esta quarta-feira, no centro cultural da cidade, com mais de mil ofertas de emprego disponibilizadas por cerca de uma centena de empresas.  A informação foi hoje avançada, em comunicado, pelo IPVC.
Manuel Heitor vai marcar presença no último dia do evento, na quinta-feira,  pelas 15: 30.  O ministro  vai estar à “Conversa Com” os diretores de agrupamentos escolares e de escolas técnico-profissionais e secundárias do Alto Minho, dirigentes de gestão, pedagógicos e científicos do IPVC, Presidentes da Câmara do Alto Minho e Vereadores da Educação e Cultura, IEFP e Empresários/Empregadores parceiros do IPVC.
A presença do Ministro na Cimeira do IPVC vem reforçar a campanha do MCTES que se encontra em curso: “Estudar (mais) é preciso”, prosseguindo o propósito de reforçar a perceção da necessidade da formação e da qualificação.
“Em média, entre 80% a 91% dos adultos que concluíram os vários níveis de formação superior têm emprego (contra 74% a 79% daqueles que concluem o secundário, e menos de 60% dos adultos que não concluíram o secundário); Em todos os países da OCDE, a diferença salarial entre adultos com formação superior e adultos com formação secundária é geralmente mais evidente do que a diferença salarial entre estes últimos e os adultos sem formação secundária; O mercado de trabalho continua a considerar um diploma superior como o principal indicador das competências de um trabalhador; Os benefícios da aposta na formação superior são ainda visíveis em competências pessoais como a literacia, e desempenhos sociais como a confiança interpessoal ou o compromisso cívico”, refere a nota do IPVC.
O politécnico adianta ter “adotado como lema Vale a Pena Estudar”  e garante que  “têm sido muitas as iniciativas e projetos que têm sido desenvolvidos no âmbito desse propósito”.
CIMEIRA_ de 11 a 12 de abril
Ao longo de dois dias este evento de networking irá proporcionar a todos – alunos, professores, empresas e famílias – a possibilidade de troca de experiências, de saberes, de horizontes, o contacto com as empresas e a apresentação de projetos.
Presentes na iniciativa professores e alunos do ensino secundário e profissional, mas também as famílias e a população em geral que, desta forma, vão poder ter um não só um primeiro contacto com as diferentes áreas de ensino e de investigação, mas também contactar com atuais e ex. alunos do IPVC alguns dos quais com empresas criadas e que, por si só, podem dar o seu testemunho sobre a importância de estudar e apostar na sua formação.
Uma viagem pelas profissões do futuro, um espaço dedicado ao Made in IPVC, IPVC Work +, Smart Talks e orientação formativa são apenas alguns dos espaços que os visitantes poderão encontrar no recinto. Presentes também diversas empresas que à semelhança da edição do ano anterior irão estar presentes para fazer recrutamento.
Ao longo destes dois dias estima-se a presença de mais de 10 000 participantes ativos (antigos e atuais estudantes do IPVC, estudantes de escolas secundárias e profissionais, professores, famílias, entidades empregadoras e representantes de instituições públicas e privadas da região).
Nesta edição os visitantes serão desafiados a uma volta pelo conhecimento e serão igualmente apresentados publicamente diversos projetos do IPVC:
Feira de Emprego_ mais de mil ofertas disponíveis
 
Uma centena de empresas e mais de um milhar de ofertas de emprego vão estar disponíveis na feira de emprego que à semelhança do ano anterior vai decorrer na Cimeira do IPVC. Empresas parceiras do IPVC vão estar ao longo de dois dias presentes no evento não só para recrutamento, mas também para dar a conhecer as empresas e dar formação prática sobre quais as competências que os novos profissionais devem adquirir.
Mecenato Social
O IPVC vai aproveitar o evento para anunciar publicamente um novo programa no âmbito do seu projeto de responsabilidade social: o Mecenato Social. O IPVC lançou o desafio a várias empresas parceiras para que “apadrinhem” os estudantes ao longo de toda a sua formação. É objetivo deste programa de Mecenato Social reunir pelo menos 200 empresas num total de 300 mil euros em bolsas de estudo. O Mecenato Social do IPVC pretende evitar que os estudantes abandonem os seus estudos e/ou não se candidatem ao ensino superior por dificuldades financeiras. Assim, as empresas serão mentoras dos estudantes ao longo de todo o seu percurso académico e incentivando ao desenvolvimento de outras competências transversais que podem inclusive passar por formação em contexto de trabalho nas empresas.
Projeto ATIVAR
O Ativar IPVC é um projeto que pretende reforçar a ligação entre o IPVC e o tecido empresarial da região Minho-Lima através de ações que potenciem a investigação e transferência de conhecimento e tecnologia assim como impulsionar projetos mutuamente benéficos que sejam âncoras e alavanquem práticas de relacionamento óbvio e recorrente entre a academia e as Empresas, ativando a multiplicação de iniciativas de cooperação. O Ativar visa ainda apoiar o empreendedorismo start-up ou corporativo através das competências no domínio da gestão e estratégia empresarial e à dinâmica de criação de ideias inovadoras.
BIRA-IPVC
A Bira IPVC, é um projeto do IPVC, que inserido no U-Bike Portugal, visa promover a mobilidade suave, com enfoque na bicicleta.
40 bicicletas convencionais e 160 bicicletas elétricas vão ser cedidas a toda a comunidade académica, através de um regime gratuito e de longa-duração, de forma a contribuir para a criação de hábitos regulares de utilização deste meio de transporte, assim como à promoção da eficiência energética e da racionalização dos consumos.
Vale a Pena Estudar
Diogo Piçarra marca presença na Cimeira no âmbito do Projeto Vale a Pena Estudar adotado nos últimos anos pelo Politécnico de Viana do Castelo. O artista vem falar do seu percurso e da importância que estudar teve na sua vida e em todo o seu percurso. “Muito da pessoa que sou hoje deve-se ao meu curso”.

RAM -
RAM -
RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative