Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - Roady
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Seis bandas nacionais e estrangeiras e 15 produtores de vinho verde no Wine&Blues 2017

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 16:00,Seg, Junho, 2017

PUBLICIDADE

Seis bandas nacionais e estrangeiras e 15 produtores de vinho verde participam este ano na edição do Wine&Blues , hoje apresnetado em confência de imprensa.

O grupo australiano The Lachy Doley, os belgas Doghouse Sam&His Magnatones e o português André Indiana são os cabeças de cartaz da segunda edição do Wine and Blues Festival.

A segunda edição do evento, que vai decorrer entre 13 e 15 de julho, vai contar ainda com a participação dos Delta Blues Riders, The Hurt Fingers e da banda espanhola Wax Boogie Rhythm Combo.

O evento, cuja primeira edição decorreu na praça da Erva muda-se este ano para outro ex-libris do centro histórico da cidade, a Praça da República.

Na conferência de imprensa de apresentação da edição 2017, o produtor do festival, Jacques Ribeiro, destacou a realização “de dois concertos por noite” e referiu que o cartaz do Wine&Blues de Viana do Castelo “não fica nada atrás dos cartazes de festivais europeus”.

Ricardo Camelo, da organização, explicou que a mudança de local do festival fica a dever-se ao número de produtores de vinho que vão estar presentes no evento.

Disse que o edifício dos paços do concelho “irá acolher até 15 produtores de vinho verde do Vale do Lima, Melgaço, Monção e Paredes de Coura, no distrito de Viana do Castelo e Barcelos, no distrito de Braga.

Durante os três dias do evento haverá degustação e prova de vinhos, entre as 21:00 às 00:00.

A vereadora da Cultura da Câmara de Viana do Castelo, Maria José Guerreiro, destacou a “conjugação da música e do vinho verde”, referindo que “o festival que cresceu quer no número de espetáculo e quer na dimensão dos artistas” que este ano integram o cartaz.

Andreia Pereira, da Associação Portuguesa da História da Vinha e do Vinho aplaudiu o conceito do festival que “alia o vinho ao blues”, afirmando que é um evento “ambicioso que tem a expetativa de abranger público de todo o norte de Portugal e da Galiza”.

RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative