Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Showbizz

Como lidar com colegas de trabalho difíceis

Rádio Alto Minho

25 Junho 2021, 10:12

Acessibilidade

Publicidade

Praticamente todas as empresas têm uma pessoa que ‘martela’ no teclado. Ou quem é um tagarela que desconcentra os colegas. Ou que é insuportavelmente alegre e palhacinho o tempo todo. Ou que discute ao telefone suficientemente alto para que todos ouçam, todos os dias. Ou que se auto elogia constantemente para a equipa. Ou que masca pastilha elástica e faz balões. Quem não tem colegas que irritam?

Os colegas de trabalho irritantes são um facto da vida. Não significam nenhum mal, mas podem tornar o dia a dia num inferno, o que acaba por tornar o seu trabalho muito mais difícil do que precisa de ser. Mesmo assim, há que continuar. Os entrevistadores querem saber que não deixará que um pequeno detalhe sabote as suas funções.

Os recrutadores estão a tentar avaliar se se irrita facilmente, se é adaptável e se se aclima bem à sua organização. Faz sentido, não faz? Mas para garantir que não responde a esta pergunta, livrando-se de todos os hábitos que acha irritantes nos outros, precisa de fazer uma pequena preparação. Use as seguintes dicas para concentrar a sua resposta em algo que não assuste um potencial empregador.

SEJA HONESTO SOBRE O QUE O INCOMODA

Pense em todos os diferentes tipos de personalidades que existem num único local de trabalho. Colegas de trabalho irritantes? Existem aos molhos. Mas, então, considere que todos estão aborrecidos com algo e quando as pressões do trabalho começam a aumentar, as irritações podem começar a interferir com o trabalho de equipa e a produtividade.

Não se pode dizer ao entrevistador que não existem pessoas irritantes e que se dá bem com toda a gente. Mesmo as pessoas mais pacientes ficarão frustradas com os seus colegas de trabalho numa altura ou noutra, por isso descreva uma altura em que se sentiu legitimamente incomodado no trabalho. Provavelmente não vai demorar muito tempo a pensar em algo.

O facto é que algumas coisas são realmente irritantes. Um exemplo são as pessoas que gostam de abarcar a título pessoal os louros do seu trabalho ou do esforço de uma equipa. Mostre que não se importa com as pequenas coisas. As queixas legítimas são diferentes das raivas pessoais; no contexto geral, alguém que ‘morde os seus calcanhares’ é menos problemático do que alguém que falha cada prazo que lhe é dado.

Os empregadores não querem contratar pessoas que vão ficar irritadas com cada coisinha, por isso é preciso dar uma resposta que mostre que as minudências não o afetam. Trabalhar ao lado de outras pessoas não é fácil, mas as pessoas que se aborrecem facilmente ou são difíceis de se dar bem criam mais problemas ao longo do caminho.

Além disso, evite parecer que não pode trabalhar com pessoas que operam de forma diferente da sua. Evite parecer impaciente ou pouco simpático para os outros.

Pode ser mais produtivo de manhã, mas o seu colega de trabalho parece que acorda para o trabalho à tarde. Isto não deve fazer descarrilar a equipa. É preciso adaptar-se a diferentes estilos de trabalho, caso contrário será um daqueles colegas de trabalho irritantes.

MOSTRE PACIÊNCIA AO LIDAR COM UM ABORRECIMENTO DE UM COLEGA DE TRABALHO

Finalmente, é preciso mostrar que se lida com colegas de trabalho irritantes de uma forma calma e produtiva. Ninguém gosta de um queixoso que não tome qualquer medida para corrigir a situação.

A maioria dos entrevistadores que fazem esta pergunta procuram ver se é positivo e se tem uma mentalidade direcionada para a resolução de problemas, que é o código para ser um bom comunicador. É importante não ser demasiado duro ou agradar.

Ou seja, gritar ou depreciar alguém é rude e inútil, por muito irritante que seja. Em vez disso, é melhor explicar como se ouve os outros quando há um mal-entendido. Dê uma resposta que mostre que prefere falar sobre essas situações irritantes e encontrar um terreno comum com os outros, em vez de ficar aborrecido ou correr para o gestor de equipa para reclamar sem primeiro tentar resolver o problema sozinho.

Não é fácil conviver com colegas de trabalho irritantes mas, no local de trabalho, não tem escolha se quer manter, ou neste caso conseguir, um emprego. Mostrar aos responsáveis do processo de recrutamento que é tolerante, mesmo perante pessoas que o incomodam, é um passo na direção certa.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - AUTO QF
Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)
Rádio Alto Minho - Nobre Movel

APP ALTO MINHO

APP - Rádio Alto Minho

Comentários

Publicidade