Estamos a melhorar a sua experiência no nosso site.
Novidades brevemente!

Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Desentupimentos e Limpeza de Fosas, Assistência a Caldeiras, Detecção de Fugas de ÁguaDesentupiemntos Industriais e DomésticosAssistência Cladeiras e Esquentadores
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Eleições na associação e reformados de Viana marcadas para dia 30 com única lista na corrida

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 10:00,Qui, Maio, 2018

PUBLICIDADE

As eleições para a Associação de Reformados e Pensionistas de Viana do Castelo estão marcadas para dia 30  na sequência de várias demissões  motivadas pela aquisição de um imóvel que se destinaria a lar de idosos. Há penas uma lista  na corrida. A lista A  apresenta o nome de Isabel Maria Teixeira Trigo para a direção da associação,  Manuel Almeida Soares para a mesa da Assembleia Geral e José Carlos Godinho Silva para o conselho fiscal .

Segundo o presidente demissionária da assembleia geral, Bernardo Barbosa  “a lista A, como foi designada, foi a única que se apresentou a votos, dentro do prazo previsto para o efeito que terminou na terça-feira, às 17:30”.

O presidente demissionário da mesa da assembleia-geral adiantou que o ato eleitoral está marcado para o próximo dia 30 de maio, a partir das 14:30.

Em abril, sete dos 12 elementos da direção, o presidente da mesa da assembleia geral e o primeiro secretário demitiram na sequência das “dúvidas” levantadas durante uma assembleia geral da instituição relativas a um negócio de aquisição de um imóvel que se destinaria a um lar de idosos.

Aquela assembleia geral, que decorreu durante mais de duas horas, aprovou, por maioria, o relatório e contas de 2017, o mesmo que havia sido rejeitado, em março, na primeira sessão daquela reunião “por não existir comprovativo de saída de 100 mil euros atribuídos pela Câmara de Viana do Castelo para a aquisição do imóvel onde seria criado o lar”.

 

No final da reunião, o presidente demissionário escusou-se a prestar declarações aos jornalistas.

A investigação do alegado desvio de dinheiro que se destinaria à criação daquela resposta social corre no Ministério Público.

 

O investimento no lar para idosos, estimado em meio milhão de euros, foi anunciado em agosto de 2017, durante a assinatura de um protocolo de colaboração entre a instituição e a Câmara Municipal.

 

RAM -
RAM -
RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative