EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

CEVAL diz que manutenção do pórtico do Neiva na A28 levará ao congestionamento da Ponte Eiffel

Rádio Alto Minho

11 Fevereiro 2020, 11:44

Acessibilidade

Publicidade

A Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL) vai defender, na quinta-feira, no parlamento, durante a discussão da petição pela eliminação do pórtico de Neiva da A28, que a manutenção daquela estrutura "poderá levar ao congestionamento da Ponte Eiffel e ao aumento do tráfego e consequente degradação dos novos acessos ao porto de mar, atualmente em construção". Outro dos argumentos que o presidente da CEVAL irá apresentar na Assembleia da república para justificar a remoção do pórtico pretende-se com a necessidade de garantir "equidade" no acesso aos distritos de Viana do Castelo e do Porto.

Segundo Luís Ceia, a eliminação do pórtico de Neiva reduzirá o custo da viagem, em portagens, do itinerário entre Viana do Castelo e o Porto, e vice-versa, em 0,65 euros para veículos da Classe 1 e em 1,25 euros para veículos da Classe 2, indo ao encontro da perspetiva do Governo de baixar o custo das portagens nos territórios do interior”.

“Sem redução de receitas das portagens na ligação entre Viana do Castelo e o Porto, a correção dos valores no pórtico de Modivas, em Vila do Conde, contribuirá para uma maior utilização do metro do Porto”, disse.

“Bastará um aumento de 0,25 euros no valor do pórtico de Modivas para garantir a perda de receita pela eliminação do pórtico do Neiva, que, atualmente, se traduz numa receita mensal de 350 mil euros”, adiantou.

Segundo Luís Ceia, “se o valor for corrigido conduzirá à redução do número de veículos nas entradas e saídas do Porto, mais um passo para a descarbonização da cidade e para a diminuição do tempo da travessia da cidade para quem viaja do Alto Minho e Galiza para o sul e vice-versa”.

Luís Ceia acrescentou que, com “ambas as propostas, passará a verificar-se uma equidade de tratamento das duas sedes de distrito, pois ficariam ambas com 14 quilómetros da autoestrada A28 não portajada”.

“Atualmente o troço isento de pagamento de portagem para quem se dirige de sul para a cidade de Viana do Castelo tem apenas uma extensão de quatro quilómetros”, especificou.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Lusomotor (noticias individual)
Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat

Publicidade

Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 01)
Rádio Alto Minho - Taqi
Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 02)
Rádio Alto Minho - Toyota – Macedo & Macedo (noticias)
Rádio Alto Minho - Keyframe (notícias)

Siga-nos

Comentários

Publicidade