EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Diocese de Viana perdeu o último dos seus quatro Bispos 

Ana Peixoto Fernandes

17 Outubro 2020, 14:01

Acessibilidade

Publicidade

D. José Augusto Predreira, que ontem foi a enterrar no cemitério da Ordem Terceira, foi o último a partir dos quatro Bispos da Diocese de Viana do Castelo.

Todos os que por esta passaram desde a sua fundação, D. Júlio Tavares Rebimbas, D. Armindo Lopes Coelho e, recentemente, D. Anacleto Oliveira, já faleceram. Nas exéquias fúnebres de D. José Pedreira, que decorreram, sexta-feira à tarde, na Sé Catedral, presididas por D. José Ornelas, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, foi lembrado que a Diocese espera agora a nomeação de um novo Bispo.

“Com D. José Augusto vemos passar para a eternidade mais um Bispo da nossa Diocese e com ele constatamos que, uma Diocese que não tendo ainda cinquenta anos, vê-se fechar um ciclo de quatro Bispos residenciais. Todos já na eternidade”, disse o Administrador Diocesano, D. Sebastião Ferreira, acrescentando: “Não nos sentimos orfãos, mas vemo-nos como Maria junto à cruz de Jesus, pesarosos e na soledade”. O Administrador Diocesano, à morte de D. Anacleto, manifestou, de resto, anseio pelo “aleluia” da Dioceses de Viana do Castelo, quando for  nomeado o próximo Bispo.

Recorde-se que D. José Pedreira foi o antecessor de D. Anacleto Oliveira, que morreu a 18 de setembro deste ano, num acidente de automóvel, quando regressava a Viana, após umas férias no Algarve. D. José Pedreira foi Bispo em Viana, entre 1997 e 2010. Faleceu na quarta-feira de manhã, aos 85 anos de idade, no hospital de Braga.

A Diocese de Viana do Castelo foi fundada com D. Júlio Tavares Rebimbas, seguiu-se-lhe D. Armindo Lopes Coelho e depois D. José Pedreira. O último foi D. Anacleto Oliveira.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - RETOMA RAM

Publicidade

Rádio Alto Minho - 100% ProAuto
Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)

Siga-nos

Comentários

Publicidade