EMISSÃO ONLINE
OUVIR
Desporto

Entrevista: Milla Ferreira é atleta convidada do GKA Kitesurf World Tour no Cabedelo

Andrea Cruz

11 Junho 2018, 17:46

Acessibilidade

Publicidade

A carioca Mila Ferreira, tem 27 anos, e no seu currículo de atleta profissional de kitesurf conta já com cinco títulos de campeã do Brasil e campeã do mundo, em 2016.

É uma das atletas Wild Card, atletas convidados da organização do GKA Kitesurf World Tour que está a decorrer na praia do Cabedelo.

Organizada pelo FeelViana Sport Hotel, Clube de Vela de Viana do Castelo e Câmara Municipal, a competição conta com melhores praticantes internacionais de kitesurf.

Em entrevista à RAM, Milla explicou que pratica kitesurf desde os nove anos de idade, por influência do pai, surfista profissional e que veio a Viana do Castelo com um objetivo em mente: ganhar.



“Quero ganhar mais títulos ainda. Ainda tenho muita coisas para conquistar. Vim para ganhar. Tenho treinado para isso. Espero bom vento, boas ondas e que todos se consigam divertir-se”, afirmou.

Amante de Portugal é a primeira vez que a carioca está na capital do Alto Minho.

“Já tinha ouvido falar da praia do Cabedelo, uma praia ótima para receber este tipo de campeonato. Sou suspeita para falar porque amo Portugal. Era um dos lugares onde eu viveria. Tem muita onda, todas as épocas do ano, e tem vento. Em qualquer lugar encontramos boas condições para o surf e para velejar”.



Em entrevista à RAM, Lyde Heckroodt, sul africana, de  24 anos e garantiu que o campeonato do mundo que está a decorrer na praia do Cabedelo é um dos mais bem organizados em que participou.

“Tenho expectativas muito altas pela qualidade da competição, da organização. Provavelmente é um dos eventos mais bem organizados em que participei nos meus anos de competição. Vai colocar a fasquia muito alta no que diz respeito à competição de kitesurf”, referiu.

As condições da Praia do Cabedelo para a prática da modalidade não podiam ser melhores.

“Fantástica. É realmente fantástica. Já cá estou a cerca de dois meses e, honestamente, do ponto de vista do kitesurf, é um ginásio ao ar livre. Nunca tinha ouvido falar. É excecional. Adorei também as pessoas e o meio ambiente, ainda tão bem conservado”, disse.

Há cerca de dois meses em Viana do Castelo, Leday não vai esquecer a sua passagem pela cidade.

“A cidade é igualmente fantástica. É incrível. Adorei. Recomendo a todos, desportistas ou não, que visitem porque é uma cidade incrível” disse.

A etapa de Viana do Castelo é a terceira Kitesurf World Tour, depois de Cabo Verde e Marrocos. A competição seguirá com duas etapas em Espanha, uma nas Maurícias e termina no Brasil.

Fotos e vídeo de Ricardo Sousa/DR-RAM

Publicidade

Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - SofásZone
Rádio Alto Minho - Lusomotor

Publicidade

Rádio Alto Minho - Biojaq NOTICIAS individual
Rádio Alto Minho - Motriviana – CLÍNICA
Rádio Alto Minho - Rocha Pneus

Siga-nos

Comentários

Publicidade