Estamos a melhorar a sua experiência no nosso site.
Novidades brevemente!

Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Desentupimentos e Limpeza de Fosas, Assistência a Caldeiras, Detecção de Fugas de ÁguaDesentupiemntos Industriais e DomésticosAssistência Cladeiras e Esquentadores
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

FITEI apresenta em Viana os espetáculos “Nada de Mim” e “Mendoza”

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 13:50,Seg, Junho, 2018

PUBLICIDADE

O FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, do Porto, vai apresentar, este mês, em Viana do Castelo, os espetáculos “Nada de Mim” e “Mendoza”. O primeiro acontece dia 21, às 21:30, no Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda e, o segundo, no dia 22, à mesma hora mas na sala principal do teatro.

As duas propostas do FITEI 2018 foram hoje apresentadas em conferência de imprensa, no teatro Sá de Miranda. No encontro com os jornalistas, a vereadora da Cultura da Câmara de Viana do castelo, Maria José Guerreiro, realçou a importância desta parceria.

“É com muito gosto que a Câmara Municipal recebe neste espaço estas duas propostas até porque, por um lado, nos interessa que o Teatro do Noroeste-CDV esteja integrado nesta importante dinâmica e, por outro, que Viana do Castelo esteja envolvida neste movimento cultural”, referiu Maria José Guerreiro.

Os dois espetáuclos do FITEI em Viana do Castelo representam um investimento de cerca de 18 mil euros.



O espetáculo “Nada de Mim” é uma estreia nacional. Trata-se de uma produção dos Artistas Unidos e coprodução do Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana, com tradução de Pedro Fernandes, encenação de Pedro Jordão e interpretação de Carla Bolito, Pedro Caeiro, Elisabete Pinto e Tiago Matias.



Já no dia 22, às 21:30 será apresentado na sala principal do Teatro Municipal Sá de Miranda, o espetáculo “Mendoza”, produção de Los Colochos Teatro, provenientes da Cidade do México.

Mendoza é uma adaptação de Macbeth, de William Shakespeare, localizada em um contexto mexicano, com dramaturgia alternativa inspirada em autores como Juan Rulfo e Elena Garro. Com design simples que nos remete a uma cantina, seis atores e três atrizes permanecem no palco o tempo todo com o espetador muito perto em quatro frentes.

Após as sessões terá lugar o habitual “Digestivo – Conversas Pós-Espetáculo”, entre público e intérpretes.



Já no dia 13, também no âmbito do FITEI,  o Teatro do Noroeste-CDV, vai ao Porto,  ao Palácio do Bolhão apresentar, pelas 21:30,  a peça (I)migrantes, com encenação do britânico Graeme Pulleyn.

Com um texto inédito escrito a partir de relatos reais, (I)migrantes é “um espetáculo de contrastes, debruçando-se sobre um tema inequivocamente pesado, mas ao mesmo tempo imprimindo-lhe inesperadas nuances de alegria e momentos de riso, música, poesia e comoção, numa mistura provocadora e forte que promete revolucionar o espaço cultural dedicado ao fenómeno recente das migrações para a Europa”.

 

RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative