EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

III Encontro Ibérico de Oncologia regressa em maio a Monção

Micaela Barbosa

16 Março 2019, 12:00

Acessibilidade

Publicidade

Monção vai receber, nos dias 10 e 11 de maio, mais uma edição do Encontro Ibérico de Oncologia que reforça o estatuto de reunião agregadora entre profissionais, na região do Alto Minho e Galiza. A 3º edição, organizada pelo Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO), tem como tema a “Importância da equipa multidisciplinar”.

Monção vai receber, nos dias 10 e 11 de maio, mais uma edição do Encontro Ibérico de Oncologia que reforça o estatuto de reunião agregadora entre profissionais, na região do Alto Minho e Galiza. A 3º edição, organizada pelo Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO), tem como tema a “Importância da equipa multidisciplinar”.

Em comunicado, a organização explicou que este encontro tem como objetivo “acompanhar o ritmo do desenvolvimento da Oncologia e as respetivas implicações ao nível científico, formativo, social e da prática clínica”, bem como “interrelacionar conhecimentos entre os profissionais de saúde”.

“Pretende-se continuar projetos para contribuir para a melhoria dos cuidados em Oncologia, em conjunto com profissionais que estão na linha da frente no tratamento e prevenção das doenças oncológicas, com ganhos efetivos em saúde, quer na sobrevivência como na qualidade de vida dos doentes”, adiantou o CADO.

Ana Ferreira, assistente social do IPO Porto; José Miguel Lopes, coordenador regional ARS Norte dos Cuidados Paliativos; Michael, sapateiro do IPO Porto; Duarte Soares, presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos; Irene Esperon, psicóloga clínica da Unidade de cuidados paliativos do Hospital do Meixoeiro de Vigo; Maria Dias da European Oncology Nursing Society, são alguns dos oradores presentes neste congresso.

A CADO procura dar apoio aos doentes oncológicos, aos seus cuidadores e familiares e alertar e informar a população sobre as causas e efeitos da doença, bem como ajudar na sua prevenção.

Esta associação apoia, ainda, o doente oncológico ao nível das questões socioeconómicas e jurídicas; presta cuidados a nível da reabilitação física e promover atividades de lazer/desportivas; promove a integração social dos doentes oncológicos na sociedade; e proporciona fácil acesso em artigos essenciais para o bem-estar físico e psicológico do doente.

A CADO, que funciona nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Melgaço, foi constituída em abril de 2016, por um grupo de jovens, na sua maioria profissionais de saúde e da área social.

Publicidade

Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - RB MOTOR 1
Rádio Alto Minho - Lusomotor (noticias individual)
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - Taqi
Rádio Alto Minho - Nobre Movel
Rádio Alto Minho - Rocha Pneus (noticias)
Rádio Alto Minho - Biojaq NOTICIAS individual
Rádio Alto Minho - Keyframe (notícias)
Rádio Alto Minho - Cronograma

Siga-nos

Comentários

Publicidade