EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Miguel Alves é o novo presidente da federação distrital do PS de Viana do Castelo

Andrea Cruz

04 Março 2016, 23:35

Acessibilidade

Publicidade

Miguel Alves,  presidente da Câmara de Caminha,  venceu esta sexta-feira as eleições para liderança da federação distrital do PS do Alto Minho com 421 votos contra os 158 do outro candidato que entrou na corrida, José Emílio Viana.

De acordo com os números avançados à RAM pela lista vencedora, registaram-se ainda quatro votos nulos e nove brancos.

No total, no distrito de Viana do Castelo “estavam em condições de votar 715 militantes, tendo votado cerca de 592, o que representou uma taxa de participação de 82,80%”.

Em declarações à RAM o recém-eleito presidente da federação distrital do PS de Viana do Castelo afirmou trata-se de uma “vitória da unidade”.

“Foi uma vitória por uma margem tão expressiva da vontade dos militantes que significa que compreenderam bem a minha mensagem. A necessidade de unir o partido e de renovar os protagonistas e a metodologia”.

“A partir deste momento deste resultado temos um PS mais forte e temos agora as condições para contribuir ainda mais para o desenvolvimento do Alto Minho”, sublinhou.

Miguel Alves, que apoiou António Costa, então presidente da Câmara de Lisboa, nas eleições primárias para o candidato socialista a primeiro-ministro, elegeu a “unidade e a renovação” do partido os “pilares” da moção que vai levar ao congresso do partido, a 19 de março.

“Está no momento de acabarmos com os ‘ismos’ no Partido Socialista. (…) Este é um projeto para o distrito, é uma candidatura que tem por base um pensamento diversificado, mas forte e coeso para o nosso país”, frisou Miguel Alves na apresentação da candidatura, em fevereiro passado.

Na altura, sublinhou que como principais eixos da moção que vai levar ao congresso “o reforço da presença do PS no distrito de Viana do Castelo, a qualificação da ação política e a valorização da voz do Alto Minho junto do Governo.

“O Alto Minho, com uma taxa de desemprego tão alta, esquecido do investimento público, e olhado como o fim marginal do país e menos como uma centralidade e zona de aposta transfronteiriça. É neste momento que o PS tem a responsabilidade de assumir o seu papel de sempre e também o seu papel no Alto Minho”, sublinhou.

Miguel Alves disse ainda que os objetivos nas eleições autárquicas de 2017 passam por ganhar “mais mandatos, eleger mais autarcas, mais deputados municipais e ganhar mais Câmaras Municipais, mantendo as seis atuais”.

Entre os principais objetivos traçados por Miguel estão também o “reforço da presença do PS nos órgãos nacionais do partido e a criação de parceiras com os socialistas do Norte e da Galiza” são outras das propostas do autarca.

 

 

 

 

 

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Lusomotor (noticias individual)
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat

Publicidade

Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 01)
Rádio Alto Minho - Keyframe (notícias)
Rádio Alto Minho - Taqi
Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 02)
Rádio Alto Minho - Toyota – Macedo & Macedo (noticias)

Siga-nos

Comentários

Publicidade