EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Ministro da Educação visita obras nas escolas Frei Bartolomeu dos Mártires e de Barroselas

Andrea Cruz

09 Fevereiro 2019, 18:11

Acessibilidade

Publicidade

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues vai visitar, na segunda-feira, a primeira fase das obras já concluídas na Escola Frei Bartolomeu dos Mártires , no centro de Viana do Castelo, e empreitada em curso na EB 2.3/S de Barroselas, que tiveram início em setembro de 2018.

Em janeiro, mais de 350 alunos, de 17 turmas iniciaram o segundo período letivo em novas salas de aulas, com a conclusão de 70% da requalificação da Escola Frei Bartolomeu dos Mártires.

A primeira fase da empreitada, num investimento global de 5,3 milhões de euros, incluiu, além das salas de aula, “os abrigos, átrio principal, percursos e pátio principal, biblioteca, bar, refeitório, cozinha, arrecadações, instalações sanitárias, secretaria, gabinete médico, entre outras”.

A segunda fase da intervenção, a concluir no verão, prevê a construção de um novo pavilhão e gimnodesportivo e os arranjos exteriores”. A escola abrirá portas no ano letivo 2019/2020 totalmente requalificada.

Situada no centro da cidade, a escola Frei Bartolomeu dos Mártires data de 1980, tem 630 alunos, 280 do segundo ciclo e 350 do terceiro ciclo.

No exterior, “está também prevista, para além da nova via que permite a segurança aos alunos, a construção de estacionamento”.

Com a intervenção concluída em janeiro, financiada pelo Norte 2020, pelo Governo e pela autarquia, a nova entrada principal da EB 2/3 Frei Bartolomeu dos Mártires recebeu um painel da artista Paula Branco Pereira, de Viana do Castelo.

A obra, com 5,22 metros quadrados, composta por 232 azulejos, pintado à mão, em ladrilho cerâmico, integra-se no projeto “Trajetórias de um Frei: simbolismos e micronarrativas”.

Já a requalificação da escola EB 2.3/S de Barroselas, num investimento de mais de 1,9 milhões de euros, reclamada desde 2011, começou em setembro de 2018 e tem  um prazo de execução de 15 meses. A empreitada abrange 29 salas daquela escola que acolhe 494 alunos.

Em setembro, aquando do arranque das obras o município explicou que  o investimento “é cofinanciado pelo programa Norte 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), que irá contribuir com um valor de cerca de 800 mil euros, cabendo à Câmara suportar a verba restante”.

Situada margem esquerda do rio Lima, a escola, aguardava por uma intervenção de fundo desde 2011 para travar as infiltrações de água nas salas de aula, problema que se acentuava a cada inverno.

As obras, classificadas como urgentes, chegaram a estar previstas para a fase IV da Parque Escolar, antes de 2011, mas acabaram por nunca sair do papel, com a suspensão daquele programa de requalificação dos edifícios escolares.

Em setembro de 2016, a Câmara de Viana do Castelo assinou um acordo de colaboração com o Ministério da Educação que garantiu o financiamento da empreitada.

A obra “integra uma intervenção profunda em três espaços do equipamento escolar, nas áreas desportivas exteriores, nos arranjos exteriores, no pavilhão gimnodesportivo (será totalmente remodelado) e no pavilhão que alberga a cantina, o refeitório, a cozinha e o bar”.

O projeto dá ainda “grande atenção à mobilidade total do acesso aos equipamentos, bem como nas instalações sanitárias, que serão remodeladas e alteradas”.

 

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Festa do Mel (noticias)
Rádio Alto Minho - Queima do Judas 2019

Publicidade

Rádio Alto Minho - Rocha Pneus (noticias)
Rádio Alto Minho - Keyframe (notícias)
Rádio Alto Minho - Nobre Movel
Rádio Alto Minho - Taqi
Rádio Alto Minho - Auto Araujo

Siga-nos

Comentários

Publicidade