EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Nacional

Primeiro Banco de Provas de Armas de Fogo e Munições da PSP abre em Viana em junho de 2021 num investimento de 2,5 ME

Rádio Alto Minho

13 Julho 2020, 15:05

Acessibilidade

Publicidade

O primeiro centro de certificação de armas em Portugal vai abrir em junho de 2021, em Viana do Castelo, num investimento de 2,5 milhões de euros. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna. Antero Luís falava durante a sessão que marcou o lançamento da primeira pedra do Banco de Provas (BdP) de Armas de Fogo e Munições da Polícia de Segurança Pública, em Viana do Castelo. O governante adiantou que dos 2,5 milhões de investimento naquele equipamento, o décimo quinto em todo o mundo, um milhão de euros é garantido por fundos comunitários.

Antero Luís considerou que com a construção do novo centro, “em estado avançado”, “Viana do Castelo vai ser internacionalmente conhecida como certificante de armas”.

“Não temos hoje, em Portugal, nenhuma certificação das armas que são produzidas em território nacional. Com este centro, as armas deixam de ter de ser enviadas para a Bélgica para ser certificadas, reduzindo custos. É uma mais valia não só do ponto de vista industrial, mas também para a própria PSP que se credibiliza e a passa para um nível que hoje não tem”, afirmou o governante.

O BdP de Armas de Fogo e Munições vai nascer na freguesia de São Romão de Neiva, em terrenos contíguos à fábrica belga de armas FN Herstal, responsável pela produção das armas Browning e Winchester.

Trata-se da maior fábrica de armas de Portugal, estando autorizada pela PSP a produzir até 150 mil unidades por ano.

Para o secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna aquele centro poderá contribuir para a criação de um ‘cluster’ ligado ao setor.

“Isso seria o ideal, contribuir para um ‘cluster’ em matéria de armamento tendo em conta a influência que a Browning tem, em termos de exportação. A partir do momento em que a certificação começar a ser feita em Portugal implicará a eventualidade de outros operadores se instalarem na zona”.

Publicidade

Rádio Alto Minho - RETOMA RAM
Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)
Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 02)
Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 01)
Rádio Alto Minho - 100% ProAuto

Siga-nos

Comentários

Publicidade