EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Nacional

Problema “técnico” na origem de queda do motor de comboio na linha do Minho, em Afife

Andrea Cruz

01 Fevereiro 2019, 14:41

Acessibilidade

Publicidade

Um problema "técnico" estará na origem da queda na quinta-feira, de um motor a diesel num comboio que fazia a ligação Porto/Valença, na Linha do Minho. A explicação foi dada pelo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

“Esta questão técnica que aconteceu ontem [quinta-feira] e também a interrupção de circulação que aconteceu hoje por causa das condições do tempo são matérias que a CP já se ocupou. É uma matéria de natureza técnica da empresa que a empresa já esclareceu”, disse.

O governante, que falava aos jornalistas em Campo Maior, no distrito de Portalegre, à margem de uma visita oficial, garantiu que todo o material ferroviário circulante é alvo de “verificações rigorosas” pela CP.

“Todo o material circulante que está em utilização na CP é objeto de verificações rigorosas, eventos técnicos acontecem, com certeza que sim, a CP verifica e faz revisões profundas. O material circulante novo que vai entrar agora vem com uma revisão profunda feita em Espanha e concluída, depois, pelos nossos serviços”, explicou.

Pedro Marques sublinhou que a taxa de regularidade em matéria de circulação situa-se nos “99%”, graças a um trabalho “aturado” da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF).

“A nossa taxa de regularidade [circulação] anda na ordem dos 99%, o nosso material circulante é objeto de um trabalho aturado da EMEF, que é uma empresa portuguesa, uma empresa pública e que foi reforçada com mais 100 recursos humanos. Quanto ao mais, eventos técnicos ocorrem e devem ser, naturalmente, minorados, mas a CP já prestou esclarecimentos que entendia sobre essa situação em concreto”, declarou.

Equipas da CP e da EMEF vão proceder a análises técnicas para apurar o que levou à queda na quinta-feira de um motor a diesel num comboio que fazia a ligação Porto/Valença, na Linha do Minho.

Em comunicado, a CP refere que o comboio com partida de Porto-Campanhã às 20:15 e chegada prevista a Valença às 22:20, ficou imobilizado junto à localidade de Afife, por avaria, tendo o transbordo dos 15 passageiros a bordo sido feito por táxi.

A CP esclareceu que na origem da ocorrência estará à fratura do veio de transmissão entre um motor diesel e a caixa de transmissão que terá originado a quebra de um dos apoios do motor.

“A unidade envolvida foi rebocada por comboio socorro, de madrugada, e está a ser encaminhada para a oficina de Contumil, local onde as equipas técnicas da CP e da EMEF farão as necessárias analises técnicas para apurar as circunstâncias e causas desta ocorrência, bem como eventuais medidas preventivas e corretivas que se revelem necessárias”, referiu ainda a CP.

Publicidade

Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Lusomotor (noticias individual)
Rádio Alto Minho - OVNITUR
Rádio Alto Minho - Xlife – Raminhos
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - QUEEN (individual)
Rádio Alto Minho - Rocha Pneus (noticias)
Rádio Alto Minho - Biojaq NOTICIAS individual

Siga-nos

Comentários

Publicidade