EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Redução das tarifas dos transportes públicos em Viana do Castelo arranca a 01 de junho

Andrea Cruz

17 Maio 2019, 13:21

Acessibilidade

Publicidade

O Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos em Viana do Castelo vai arrancar no próximo dia 01 de Junho, sendo que o protocolo que o viabiliza será assinado na próxima semana.

Em comunicado, a Câmara de Viana do Castelo explicou estar em causa “um conjunto de ações que integram uma candidatura de 217 mil euros para apoiar, em 2019, diversas reduções e isenções nos transportes públicos”.

O programa “tem por objetivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social” e, em Viana do Castelo a autarquia decidiu avançar com a candidatura de 217 mil euros para “implementar um conjunto de ações” como a gratuitidade do transporte escolar aos alunos do ensino secundário, numa ação inovadora que representa um investimento superior a 100 mil euros e atingindo 731 alunos.

O PART integra ainda a redução em 50% do custo do bilhete ou passe aos utentes que utilizam os miniautocarros que circulam no centro da cidade de Viana do Castelo; e a introdução da gratuitidade para utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos entre o Parque de Estacionamento do Campo d’Agonia (PECA) e a Zona de Atividades Económicas da Praia Norte (Praia do Coral). Em causa está também a redução em 50% do custo do bilhete ou passe dos utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos para as zonas industriais do Neiva, 1ª e 2ª fases e Alvarães, e Meadela.

O PART vai vigorar apenas durante o ano de 2019 e prevê que os municípios recebam, através do Orçamento do Estado, um total de 23,2 milhões de euros para adotarem medidas de redução tarifária nos transportes públicos nos respetivos territórios. O programa conta com 104 milhões de euros do Fundo Ambiental e a fórmula de cálculo dos valores a receber ou a comparticipar por cada Área Metropolitana ou CIM tem em conta o número de utilizadores dos transportes públicos, o tempo médio utilizado nas deslocações e “um fator de complexidade dos sistemas de transporte das áreas metropolitanas”.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Festa do Mel (noticias)
Rádio Alto Minho - Queima do Judas 2019
Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat

Publicidade

Rádio Alto Minho - Nobre Movel
Rádio Alto Minho - Rocha Pneus (noticias)
Rádio Alto Minho - Keyframe (notícias)
Rádio Alto Minho - Taqi
Rádio Alto Minho - Auto Araujo

Siga-nos

Comentários

Publicidade