EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Rosa Caetano fica “muito feliz” por ter sido escolhida para a presidência de honra da Romaria d’Agonia

Rádio Alto Minho

24 Junho 2020, 16:12

Acessibilidade

Publicidade

Rosa Caetano, de 76 anos, antiga costureira da Meadela, com 64 anos dedicados ao folclore e à arte de bem trajar, é este ano a presidente da Comissão de Honra da Romaria d'Agonia. O anúncio foi feito, hoje, pela Câmara de Viana do Castelo.

A presidência da comissão de honra da Romaria d’Agonia é uma função que, por inerência, cabe ao presidente da Câmara de Viana do Castelo, mas que há mais de duas décadas é delegada em figuras que “contribuem para a promoção do concelho e das festas”.

Contactada pela Rádio Alto Minho, Rosa Caetano não escondeu a alegria pela escolha do presidente da Câmara :“Fiquei muito feliz. Sinto-me muito feliz. Não estava à espera. Não é nada que às vezes a gente não mereça, mas esta era a única coisa que não esperaria”, afirmou.

Na nota hoje enviada às redações, José Maria Costa, destaca a “figura de referência no concelho por uma vida dedicada ao folclore e à arte de bem trajar”.

“Rosa Caetano é personalidade destacada no meio associativo pelo empenho apresentado na preservação das tradições e costumes e na divulgação do Traje à Vianesa. O nome de Rosa Caetano é sobejamente conhecido em Viana do Castelo. Aos 76 anos de idade, nascida e criada na freguesia da Meadela, foi costureira de profissão e integrante de grupos folclóricos por paixão. Hoje, é considerada uma das vozes mais experientes no que toca à arte de bem trajar e ourar”, destaca a nota hoje enviada pela Câmara.

Rosa Caetano, “conta com a experiência de 64 anos de folclore, entre o Grupo Folclórico das Lavradeiras da Meadela, o seu grupo de coração, onde ainda integra o coro, e os nove anos em que integrou o Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo”.

“Uma das grandes honras da vida de Rosa Caetano foi ter recebido um convite do etnógrafo vianense Amadeu Costa para colaborar com a preparação do Museu do Traje, criado em 1997, vestindo os manequins que, ainda hoje, integram a coleção permanente do museu”, especifica a nota.

Apesar da “tristeza” deste ano as festas não se realizarem no formato habitual, Rosa Caetano não escondeu a “felicidade” de não se deixar passar em branco a romaria da capital do Alto Minho.

“Vai haver cartaz das festas na mesma, vai haver presidência de honra. Estou sem palavras”, referiu emocionada e incrédula por ocupar, este ano, o mesmo lugar que já foi representado pela fadista Amália Rodrigues a quem costurou um saiote para que pudesse desfilar “bem-trajada”.

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Lusomotor (noticias individual)
Rádio Alto Minho - RETOMA RAM

Publicidade

Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 02)
Rádio Alto Minho - Reabilitar (noticias lateral 01)
Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)

Siga-nos

Comentários

Publicidade