EMISSÃO ONLINE
OUVIR
Regional

Seis projetos de Cerveira e Tomiño vão a votos no Orçamento Participativo Transfronteiriço

Andrea Cruz

06 Novembro 2018, 17:36

Acessibilidade

Publicidade

As populações de Vila Nova de Cerveira (Alto Minho) e Tomiño (Galiza) vão poder escolher ‘online, entre quinta-feira e 16 de dezembro, os seis projetos, a concretizar no Orçamento Participativo Transfronteiriço (OPT)de 2019, no valor de 20 mil euroS.

Os seis projetos, apresentados por 18 entidades dos dois municípios vizinhos foram selecionados após 20 reuniões.

“A preparação das candidaturas propiciou encontros em diversos âmbitos, nomeadamente a educação, cultura, economia e inclusão social, tendo culminado com a apresentação formal de seis projetos executáveis durante 2019 no território comum de Cerveira e Tomiño”, especificou aquele município.

Podem votar os residentes em Vila Nova de Cerveira e Tomiño, maiores de idade, sendo obrigatório o voto em dois projetos.

O OPT, dotado de 20 mil euros, “é pioneiro na Eurorregião Galiza-Norte de Portugal e está incluído na Agenda Estratégica para a Cooperação Transfronteiriça Amizade Tomiño -Cerveira, projeto cofinanciado por fundos comunitários, que pretende potenciar a participação pública e o poder de decisão da cidadania de ambas margens do rio Minho”.

Em outubro, os dois municípios vizinhos constituíram, formalmente, uma eurocidade, a terceira entre municípios do distrito de Viana do Castelo e da Galiza, depois de Valença e Tui, em 2012, e Monção e Salvaterra do Minho, em 2017.

A nova eurocidade tem como objetivo “consolidar a atual cooperação transfronteiriça e gestão partilhada de equipamentos e serviços”, depois de, em junho de 2014, as autarquias vizinhas terem assinado a “Carta da Amizade”, no sentido de “preparar um futuro em comum através da concretização de projetos que proporcionem uma maior cooperação cultural, desportiva, urbanístico-ambiental entre os dois concelhos vizinhos”.

Aquela cooperação resultou em várias ações, entre elas o Orçamento Participativo Tranfronteiriço, a criação da Provedoria de Cidadania Transfronteiriça, a oferta de serviços partilhados e a realização de uma programação anual conjunta de atividades culturais e desportivas, resultado de um projeto cofinanciado em 75% pelo Programa INTERREG, com fundos FEDER da União Europeia.

Publicidade

Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Eugenia Lopes (individual)
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - QUEEN (individual)
Rádio Alto Minho - Lusomotor

Publicidade

Rádio Alto Minho - Biojaq NOTICIAS individual
Rádio Alto Minho - Cerqueira’s
Rádio Alto Minho - Eletro Borlido
Rádio Alto Minho - Valentim

Siga-nos

Comentários

Publicidade