Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Rádio Alto Minho - Misturacor
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Iguarias gourmet: A economia salgada de Finistère!

de Miguel Costa (RAM)

atualizada às 17:30,Seg, Janeiro, 2018

PUBLICIDADE

Finistère tem-se afirmado como uma das mais importantes zonas turísticas de França. A região a oeste da bretanha francesa atrai cada vez mais pela sua identidade cultural, o seu litoral e claro, a sua herança gourmet.

 

Com as suas 10 estrelas Michelin, os turistas e os bretões deliciam-se com verdadeiros banquetes proporcionados pelos seus produtos do mar e da terra. Das ostras às alcachofras, de biscoitos tradicionais à cidra e às panquecas, são cada vez mais aqueles que se deixam seduzir pela experiência gourmet de Finistère.

A convite da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, a RAM visitou a região localizada a oeste da bretanha francesa no passado mês de novembro e foi conhecer algumas das suas principais referências gastronómicas e a sua herança gourmet, através das empresas locais que têm feito uma aposta clara na inovação e exportação.


La Maison Thaëron
Situada em Lorient (Riec-sur-Bélon), Maison Thaëron é um “fazendeiro de ostras”. A empresa familiar fundada em 1879 e que tem vindo a passar de geração em geração é unica em França devido aos seus métodos de produção (permitindo a degustação de ostras em total segurança). A empresa é uma das pérolas da região, cuja origem se deve ao cultivo de ostras, mas que ao longo dos anos tem alargado a sua atividade à produção de outros crustáceos, bem como à confeção e comercialização de produtos do mar.


 

Traou Mad
Fundada em 1920 em Pont-Aven (cidade de Paul Gauguin), a Traou Mad® estabeleceu-se como uma referência na produção de biscoitos da bretanha francesa, naquela que é considerada uma frutífera aliança entre arte e a gastronomia. A empresa é reconhecida pela sua qualidade maior na produção de bolachas e biscoitos de Pont-Aven, cuja receita não se alterou desde 1920 e trabalha exclusivamente com produtos naturais oriundos de Finistère, como a manteiga, os ovos e a farinha que é moída em Pont-Aven.


Chancerelle
Fundada em 1853 a Chancerelle é a mais antiga empresa de conserva de sardinha do mundo em atividade. Hoje e graças à sua marca Constable, a empresa familiar é líder em França na venda de sardinhas de conserva, mas dispõe ainda de outros produtos no setor ligados ao mar. Dispõe de duas unidades de produção em França, empregando cerca de 500 pessoas e tem um volume anual de vendas que ultrapassa  os 140 milhões de euros.


La Cidrerie du Manoir du Kinkiz
Produtora de cidra e “pommeaux”, este negócio familiar foi reconhecido pela sua qualidade, nomeadamente a sidra “Cornouaille AOC” e o pommel “Bretagne AOC”, jóias da coroa distinguidas com medalhas de ouro e prata respetivamente no conconcurso “Général Agricole” de Paris. A empresa produz a maçã da qual é feita a cidra que comercializa: O tradicional bruto e a “Cornouaille”, que é a única sidra da Bretanha francesa com marca registada. Aqui é ainda destilada uma parte para fazer o “Pommeaux de Bretagne”, assim como a aguardente de cidra, o famoso “LAMBIG” ou a “Fine Bretagne”, essencialmente para exportação.


Agrival & Green4you
A Agrival é uma subsidiária da “Sica de Saint-Pol-de-Léon”, a primeira cooperativa de produtores de legumes frescos e horticultores na França (“Prince of Bretagne” e Kerisnel”). O objectivo desta cooperativa é valorizar os legumes da região, produzir sumos de legumes 100% naturais, sem aditivos, água ou conservantes. Com a cumplicidade do chef Loïc Le Bail, premiado com uma estrela Michelin, a Agrival lançou uma série de sumos chamados “Green4You”.


Haliotis, Krips, Penn Ar Box, Marc Sten e Oignons de Roscoff
São diversas empresas oriundas da zona de Roscoff que apresentam múltiplas sugestões servidas em vários restaurantes com estrelas Michelin em França e/ou exportam para diversos países no mundo: Molúsculos produzidos a 6 metros de profundidade no mar, para os quais são precisos 4 anos e meio até que atinjam a dimensão necessária; Bolachas de trigo preto, feitas com manteiga e farinha biológica moída artesanalmente; Queijo “Bleu d’Iraise” com sabor a fois gras curado a 10 metros de profundidade no mar; Cebolas sumarentas e adocicadas e ainda uma original “Box” com uma seleção de produtos da bretanha francesa;


RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative