Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

UGT dá cheque de 2.500 euros à APPACDM de Viana do Castelo

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 17:48,Sáb, Maio, 2017

PUBLICIDADE

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, entregou hoje à tarde ao presidente da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), Luiz Costa, um cheque de 2.500 euros . Daquele montante, 1.500 euros foram recolhidos na marcha solidária que a UGT realizou em Viana do Castelo no dia 01 de maio, no âmbito das comemorações nacionais do Dia do Trabalhador. A verba restantes foram contributos da UGT nacional e da delegação de Viana do Castelo.

O cheque foi entregue pelo secretário-Geral da UGT, este sábado à tarde no polo da Areosa, ao presidente da APPACDM, numa cerimónia onde marcou presença o diretor do Centro Regional da Segurança Social de Viana do Castelo, Paulo Órfão, a vereadora d’Ação Social da Câmara de Viana do Castelo, Ana Margarida Silva, entre outras personalidades.

O líder da UGT, Carlos Silva disse que a escolha da insitutição para a entrega daquele donativo foi do responsável local da UGT, João Cruz e sublinhou a importância do trabalho desenvolvido pela APPACDM, “conhecida no país pelo seu trabalho em prol da sociedade”.

“Era importante que o nosso exemplo pudesse ser replicado na generalidade do país . É fundamental a economia social funcionar”, disse.

Carlos Silva disse que “gostaria de dar a todas as instituições de todo o país mas não conseguindo,  pouco e pouco, nos locais onde for fazando atividades os donativos recolhidos serão entregues”.

“Como dizia Miguel Torga quem faz o pode faz o que deve”, referiu.

O presidente da APPACDM , Luiz Costa agradeceu o apoio, sublinhando que “toda a ajuda é bem-vinda, numa intituição com 900 utentes e 320 trabalhadores. O responsável disse que a verba oferecida pela UGT vai ser aplicada no serviço de equitação terapêutica e adiantou que 2a pior fase da vida da APPACDM já passou, tedno atualemnte vários projetos em carteira, desde Centos de Atividades Ocupacionais (CAO) a lares para dar resposta às necessidades noturnas e diurnas do distrito”.

A vereadora d’Ação Social da Câmara de Viana do Castelo destacou a decisão da UGT de “fazer rever o dinheiro da caminha solidária para a APPACDM, insitutição que além do importante trabalho que desenvolve no concelho e no distrito é uma grande empregadora ,muito antes do o setor empresarial ter o peso que tem na economia”.

 

RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative