Estamos a melhorar a sua experiência no nosso site.
Novidades brevemente!

Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Desentupimentos e Limpeza de Fosas, Assistência a Caldeiras, Detecção de Fugas de ÁguaDesentupiemntos Industriais e DomésticosAssistência Cladeiras e Esquentadores
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - Roady
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

Hóquei em Patins: Viana acolhe cerca de 300 veteranos de 6 países na EVRI CUP

de Andrea Cruz (RAM)

atualizada às 14:00,Ter, Junho, 2018

PUBLICIDADE

Cerca de 300 veteranos, representando 28 equipas de seis países vão disputar este mês, em Viana do Castelo, um total de 64 jogos de hóquei em patins nos quatro dias da EVRI CUP.



“Estamos a falar de um torneio que vai mobilizar mais de meio milhar de pessoas. Este tipo de competição é muito importante para Viana do Castelo, não apenas pela componente desportiva como pelo seu impacto na economia local”, afirmou o vereador do Desporto da Câmara de Viana do Castelo, Vítor Lemos, durante a conferência de imprensa de apresentação do torneio internacional.

Disputada nos escalões de mais de 35 e mais de 50 anos a prova, que vai decorrer entre os dias 20 e 23, contará com a participação de equipas de Portugal, Espanha, Bélgica, Holanda, Itália e Argentina.

Organizada pela Câmara e pela Associação Juventude de Viana, a competição, com um orçamento de 40 mil euros, vai decorrer nos ringues do pavilhão municipal de Monserrate e no pavilhão desportivo da Meadela.

Como exemplo do impacto económico do evento iniciado em 2003, Vítor Lemos apontou o setor da hotelaria do concelho que “não conseguiu satisfazer todas as necessidades de alojamento”.



Também o presidente da Associação Juventude de Viana, Rui Natário, referiu que “algumas equipas e os familiares dos atletas tiveram de ficar alojados em concelhos vizinhos, por falta de capacidade resposta dos hotéis da cidade”.



Pedro Carvalho, antigo hoquista e ex-atleta da Juventude de Viana e responsável pela realização da prova em Viana do Castelo afirmou “havia candidaturas de cidades espanholas, italianas e holandesas” à organização da competição que o “Comité EVRI CUP acabou por atribuir à capital do Alto Minho a edição 2018”.

“É um torneio muito competitivo. Além de serem ex-jogadores são também atuais treinadores, familiares de jogadores e representam os países mais importantes onde se joga hóquei. Inicialmente, havia quase 40 clubes interessados em participar, mas em termos organizativos não foi possível dar resposta a esse número”, disse Pedro Carvalho.

O responsável adiantou que Viana do Castelo é a terceira cidade portuguesa a organizar o torneio, que já se realizou em Paço D’Arcos e Sintra.

No dia 22, decorrerá a fase de ?knock-out’ e, no dia 23, pelas 15.15, a final da EVRI CUP.

Do grupo +35 Red fazem parte a anfitriã, Juventude de Viana, e as equipas espanholas CT Barcino e CP Vilafranca.

O grupo +35 Green é composto pela GEIEG, de Espanha, pelo Futebol Clube do Porto Vintage e pela equipa Rolta RHC Leuven, da Bélgica.

No grupo +35 Blue estão o Parede FC, de Portugal, HC Ottoruote Carbonia, de Itália, e o Óquei Clube de Barcelos, de Portugal.

No +35 Yellow encontram-se Amatori Hockey Bassano, de Itália, CD Paço de Arcos e ADJ Vila Praia de Âncora(Caminha).

No grupo +50 Orange encontram-se CP Voltregà, de Espanha, Evergreen Hockey Trieste, de Itália, Dreamteam, da Holanda, e Parede FC.

Já o grupo +50 Brown conta com CP Cibeles, de Espanha, ASD Tergeste HE, de Itália, HC Castiglione, de Itália, e também Juventude de Viana.

No grupo +50 Black encontram-se CT Barcino Old Cat, de Espanha, GDR Os Lobinhos, de Portugal, a espanhola GEIEG e a italiana Amatori Hockey Bassano. Por fim, o grupo +50 Purple conta com o clube espanhol Centro Asturiano Oviedo, a belga Kurink HC, a holandesa EHRC Marathon e a argentina La Porteña Argentina.

RAM -
RAM -

PUBLICIDADE

Blisq Creative