EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Regional

Mini-autocarros elétricos de Viana do Castelo transportam mais de meio milhão de passageiros, em 14 anos

Rádio Alto Minho

14 Janeiro 2020, 15:52

Acessibilidade

Publicidade

O Caramuru e o Himalaia, os dois mini-autocarros eléctricos que diariamente circulam em Viana do Castelo, transportaram, entre setembro de 2005 e 31 de dezembro de 2019, 500.519 passageiros.

Em comunicado, hoje, a Câmara de Viana do Castelo adiantou que, em 2005, ano em que o serviço entrou em funcionamento, foram transportadas 4.370 pessoas. Já em 2019 os passageiros que usufruíram deste serviço foram 39.362.

No ano de 2019, os meses de julho, setembro e outubro foram os mais fortes em termos de passageiros. Assim, em julho, 4.155 pessoas utilizaram este meio de transporte para circular no centro da cidade. Em outubro, foram 4.045 os passageiros dos mini-autocarros e, em setembro, 3.696.

A opção da autarquia por este tipo de transporte fica a dever-se ao facto de se tratar de um meio amigo do ambiente urbano, de ser o mais adequado a uma utilização nos centros urbanos e ainda pela sua fiabilidade e baixo custo de exploração.

Cada autocarro tem 5.3 metros de comprimento e 2.07 de largura, transportando 22 passageiros, oito dos quais sentados. Tem instalação para segurar uma cadeira de rodas e atinge uma velocidade de 33 quilómetros por hora. O Caramuru e o Himalaia são os dois autocarros pintados com as cores de Viana do Castelo, amarelo e preto, funcionando de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 18h30.

Em 2010, o autocarros duplicaram o seu circuito, numa nova lógica de mobilidade e de oferta de serviços de transportes da Câmara Municipal, passando pelas principais artérias da cidade, partindo do Hospital de Santa Luzia e fazendo ligação aos extremos da cidade, entre a Avenida e Campo d’Agonia e a área das escolas e do mercado, passando pela Praça da Galiza, para, de forma rápida, chegar a área de serviços situados fora do centro histórico de Viana do Castelo como a EDP, os Serviços de Segurança Social, o Mercado Municipal e o cemitério municipal.

Este circuito dos autocarros elétricos facilita também a mobilidade dos idosos dentro da cidade, tornando-se numa alternativa ambientalmente mais vantajosa mas também de maior proximidade, tendo simultaneamente caráter de lazer e utilitário.

Também a frota municipal já conta com um total de 12 carros elétricos e o objetivo é renovar todo o parque automóvel do município até 2021. Atualmente, o Município dispõe então de 2 miniautocarros elétricos, uma viatura ligeira de mercadorias de dois lugares, cinco viaturas ligeiras de passageiros, duas viaturas mistas de cinco lugares e duas viaturas ligeiras de passageiros híbridas. A substituição da frota automóvel por veículos “mais amigos do ambiente” é uma das 30 medidas da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Decisões e Soluções
Rádio Alto Minho - RETOMA RAM
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - 100% ProAuto
Rádio Alto Minho - Perspetiva [João] (notícias)

Siga-nos

Comentários

Publicidade