Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Nacional

Pragas em Portugal! Procura de ajuda aumenta 59% face ao mesmo período de 2022

Rádio Alto Minho

23 Outubro 2023, 14:36

Acessibilidade

Publicidade

A procura por serviços de controlo de pragas aumentou 59% na primeira quinzena de outubro de 2023, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Uma tendência que, segundo especialistas, resulta das altas temperaturas registadas no início do outono e espelha uma situação que está a preocupar os portugueses, revela a plataforma de serviços Fixando, numa análise aos pedidos registados entre 1 e 15 de outubro.

Segundo a empresa de desinfestação Anticimex Portugal, com as temperaturas altas que se fizeram sentir até meados de outubro, houve um prolongamento do rápido desenvolvimento de várias espécies de pragas. As temperaturas mais altas e estáveis permitem que os animais se reproduzam mais e se desenvolvam rapidamente, o que aumenta a probabilidade de se encontrarem várias gerações de uma determinada espécie ao longo do ano.

O impacto das alterações climáticas tornará estas situações mais recorrentes, afetando futuramente a saúde pública e aumentando a necessidade de recorrer a especialistas em controlo de pragas. Em comparação com o ano anterior, nas últimas semanas vimos um aumento de 50% nos pedidos relacionados com percevejos. No entanto, é importante notar que nem todos os insetos encontrados nas habitações são necessariamente percevejos“, explica a empresa que alerta ainda para a necessidade crescente de lidar com pragas, mesmo durante os meses normalmente menos suscetíveis a infestações.

PROCURA CONCENTRA-SE NA GRANDE LISBOA E NO PORTO

De acordo com a análise da Fixando, os serviços mais requisitados no setor de controlo de pragas durante este período foram desbaratização (36% dos pedidos recebidos), empresas de desinfestação (32%) e extermínio de percevejos (28%).

Nesta primeira quinzena de outubro, as pragas identificadas pelos utilizadores incluem pulgas, carraças ou ácaros (23%), percevejos (20%), baratas (18%) e roedores (13%).

Os distritos com maior procura por serviços de desinfestação são Lisboa (39%), Porto (15%), Setúbal (13%), Aveiro (9%), Faro (5%) e Braga (4%). No que diz respeito ao tipo de propriedade, 38% dos pedidos são para casas, 42% para apartamentos, 5% para escritórios e os restantes 5% são para outros tipos de propriedades.

Com esta elevada procura por serviços de controlo de pragas, muitos especialistas têm ainda enfrentado desafios para responder aos pedidos dos portugueses. Atualmente, 65% dos clientes têm dificuldades em encontrar um prestador de serviços no imediato, o que representa um aumento significativo em comparação com os 27% do mesmo período em 2022. Quanto ao preço médio dos serviços de desinfestação, situa-se em 154€, representando um aumento de 4€ em relação ao ano anterior.

Publicidade

Breathe Viana

Publicidade

Rádio Alto Minho - Blisq Creative – Agência de Comunicação
Rádio Alto Minho - Casa Peixoto

Publicidade

Rádio Alto Minho - Hospital Particular 01
Rádio Alto Minho - Petropneus NOTICIAS
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - Auto Valverde Geral
Rádio Alto Minho - VHC REMODELAÇÕES

Publicidade

APP ALTO MINHO

APP - Rádio Alto Minho

Publicidade