Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..
Desporto

Programa Náutica nas Escolas envolve este ano 36 jovens com deficiência de dois agrupamentos de Viana

Rádio Alto Minho

02 Novembro 2016, 17:12

Acessibilidade

Publicidade

Trinta e seis jovens com deficiência, integrados em dois agrupamentos escolares de Viana do Castelo, vão, este ano letivo, praticar desportos náuticos no âmbito de um projeto piloto anunciado hoje pela Câmara local.

Em causa está o programa “Náutica nas Escolas”, lançado em 2012 pela Câmara da capital do Alto Minho para motivar para a prática de desportos ligados ao mar e que, este ano letivo, envolve 1.700 alunos, mais sete turmas e mais 200 alunos que o ano passado.

“Este projeto piloto vem ao encontro da preocupação que tínhamos de tornar este programa inclusivo. Se correr bem será alargado, no próximo ano letivo, a todos os agrupamentos escolares do concelho”, afirmou hoje o presidente da Câmara, José Maria Costa na apresentação do projeto piloto que previa a presença da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que por motivos de agenda fez-se representar pelo chefe de gabinete.

No final da sessão, que incluiu a assinatura de um protocolo com a Associação Portuguesa Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), entidade que vai garantir o apoio de técnicos especializados ao projeto, José Maria Costa adiantou que, nesta fase, serão abrangidos 36 alunos das Unidades de Multideficiência dos dois agrupamentos de escolas.

Aqueles alunos vão praticar aulas de surf, canoagem, remo e vela enquanto atividades curriculares

José Maria Costa explicou que se trata de um projeto-piloto que exige uma “logística forte” por implicar “requisitos específicos” ao nível dos transportes adaptados, de equipamentos adaptados e técnicos especializados.

O presidente da APPACDM, Luís Costa, afirmou que o projeto piloto vai permitir “caminhar para uma sociedade inclusiva” e congratulou-se com a parceria estabelecida com a autarquia, disponibilizando os técnicos da instituição para o acompanhamento dos jovens que vão frequentar as aulas de desportos náuticos.

O programa “Náutica nas Escolas” proporciona os alunos a oportunidade de fazerem aulas de surf, canoagem, remo e vela enquanto atividades letivas curriculares na disciplina de Educação Física.

As aulas são desenvolvidas nos centros náuticos de remo e vela, na margem direita do rio Lima, e de canoagem, na margem esquerda, construídos pela autarquia num investimento superior a sete milhões de euros, e no Centro de Alto Rendimento de Surf, no Cabedelo.

Em 2013 este programa recebeu o prémio “Melhor Município para Viver”, na categoria Economia, em 2014 foi distinguido com o Prémio Desportivo “Personalidade do Ano” da Gala de Desporto e, em 2015, com o Prémio Athletice Mare 2015 dos Prémios Excellens Mare da PwC e com o Prémio de Boas Práticas “Maia Cidade Europeia do Desporto”.

A “Náutica nas Escolas” implica um investimento a rondar os 250 mil euros por parte da Câmara Municipal, que também hoje entregou os ‘Kits’ do Mar que inclui uma mochila com diversos itens que facilitam a prática dos desportos náuticos.

Publicidade

Breathe Viana

Publicidade

Rádio Alto Minho - Casa Peixoto
Rádio Alto Minho - Camitintas
Rádio Alto Minho - Blisq Creative – Agência de Comunicação
Rádio Alto Minho -

Publicidade

Rádio Alto Minho - Srª Peliteiro
Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Petropneus NOTICIAS
Rádio Alto Minho - Hospital Particular 01

Publicidade

Rádio Alto Minho - Auto Valverde Geral

Publicidade

APP ALTO MINHO

APP - Rádio Alto Minho

Publicidade