EMISSÃO ONLINE
OUVIR
Regional

Executivo homenageia herói de Viana do Castelo da I Guerra Mundial

Andrea Cruz

10 Abril 2018, 16:54

Acessibilidade

Publicidade

A Câmara Municipal de Viana do Castelo reuniu, no Teatro Municipal Sá de Miranda, numa cerimónia de homenagem, os descendentes dos militares que, sob o comando do Major Xavier da Costa, participaram na batalha de La Lys, na I Guerra Mundial, em 9 de Abril de 1918, e aí tiveram comportamento exemplar. Integrados nos batalhões da chamada “Brigada do Minho”, os militares participaram na Batalha de La Lys e, um século depois, a autarquia e o Núcleo de Viana do Castelo da Liga dos Combatentes descerraram uma placa comemorativa da efeméride no Largo 9 de Abril e inauguraram uma nova placa na casa onde viveu Major Xavier da Costa. Foi ainda apresentado um fac simile do Relatório do Batalhão de Infantaria nº 29 no combate de 9 de abril, da autoria de Artur Anselmo. O autor entregou à Câmara de Viana o original do relatório, exemplar único, de que era proprietário.

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, destacou a generosidade e coragem dos que foram para a guerra, enaltecendo o conjunto de jovens que constituiu o famoso Batalhão do Minho e que, apesar das dificuldades, deu o melhor de si. Apresentou a figura do Major Xavier da Costa como um exemplo marcado pela heroicidade e assegurou que foi graças ao sacrifício destes militares que a sociedade de então ultrapassou um momento menos bom. O autarca frisou que aquela geração tombou para que a sociedade pudesse atingir o patamar civilizacional da atualidade, deixando uma mensagem de gratidão a todos os portugueses envolvidos na Batalha de La Lys.

Artur Anselmo, autor da edição fac-similar do relatório, indicou que, junto com o Soldado Milhões, Major Xavier da Costa foi um dos grandes heróis da batalha travada na Flandres. Revelou que este relatório mostra como os portugueses foram trucidados, indicando que cerca de 50% dos homens comandados por Major Xavier da Costa morreram, ficaram feridos para toda a vida ou foram feitos prisioneiros, considerando que a batalha foi uma calamidade para Portugal.

 

 

Sobre a Batalha de La Lys e o Batalhão de Infantaria  3 – Viana do Castelo

Na madrugada de 9 de Abril de 1918, na Flandres francesa, em plena I Guerra Mundial, as tropas portuguesas foram esmagadas por uma força alemã muito superior. Oito divisões alemãs, com cerca de 100 mil homens e mais de mil peças de artilharia, avançaram sobre os 11 quilómetros onde estavam as forças portuguesas, constituídas por duas divisões e cerca de 20 mil homens.

Do Norte de Portugal, a 4ª Brigada, que incluía o Batalhão de Infantaria  3 – Viana do Castelo, resistiu estoicamente, o que não impediu a capitulação total, com o seu comandante, Major Xavier da Costa, a ser capturado depois de ter sido ferido em três diferentes situações e ter ficado cego.

A batalha atingiu milhares de homens, entre mortos, feridos e prisioneiros. As forças portuguesas foram esmagadas pela ofensiva alemã, mas conseguiram resistir tempo suficiente para permitir aos aliados reforçar e suster a ofensiva. No entanto, entre os militares portugueses foram registados milhares de vítimas, entre centenas de mortos, feridos, desaparecidos e prisioneiros, reduzindo a pouco mais de uma divisão a força portuguesa.

Os alemães chamaram a esta batalha a operação Georgete, que tinha por missão romper as linhas aliadas. O CEP (Corpo Expedicionário Português), símbolo do esforço de guerra português na frente ocidental, chegou às trincheiras em janeiro de 1917 e, após a Batalha de La Lys, desapareceu enquanto força organizada. O I Guerra Mundial terminou com a vitória dos Aliados em novembro de 1918.

 

A seguir se indica a relação dos militares, extraída do Relatório do Batalhão 29 de Infantaria:

3º Batalhão de Infantaria 29

OFICIAIS

 

Comandante            Major Xavier Barbosa da Costa (ferido e prisioneiro)

2º Comandante        Capitão Alberto da Silva Matos (morto)*

1ª Companhia          Capitão Júlio Soares Serrão Machado (morto)*

“                           Tenente miliciano Eduardo da Fonseca Guerreiro (morto)*

“                           Alferes miliciano José António Freitas de Barros *

“                           Capitão José dos Santos e Cunha*

2ª Companhia          Alferes José Maria Pereira (morto)*

“                           Alferes Camilo Gomes Palha de Almeida (prisioneiro)*

Reserva                  Aspirante miliciano Alcíndio Ferreira dos Santos (prisioneiro)*

3ª Companhia          Capitão Júlio Augusto da Costa Almeida (prisioneiro)*

“                           Alferes José Pedro de Matos (prisioneiro) *

“                           Alferes António Bento Pereira (prisioneiro)*

“                           Alferes José Mendes Ribeiro (morto)*

“                           Tenente Alfredo Guimarães (morto)*

4ª Companhia          Alferes Francisco Garcia Ribeiro (prisioneiro)*

“                           Alferes José António Peixoto (morto)*

“                           Alferes miliciano Artur Marques Salgado (ferido e prisioneiro)*

“                           Alferes Francisco Garcia Ribeiro (prisioneiro)

Ajudante do Batalhão          Alferes João Hermínio Barbosa*

Oficial de Metralhadoras      Alferes Américo Jacob dos Anjos Pires*

Oficial Sapador                  Alferes Alexandre de Jesus Cabeças (morto)*

Médico                            Tenente José Alberto de Barros (ferido)

“                                     Tenente Manuel Correia de Carvalho (ferido)

 

PRAÇAS MORTAS E DESAPARECIDAS

 

1ª COMPANHIA

– 34, Soldado Domingos José Lopes Portela Júnior (morto)

– 143, Soldado Francisco Nogueira (morto)

– 187, Soldado Joaquim António de Araújo (morto)

– 311, Soldado Bernardino Ferreira (morto)

– 464, Soldado Avelino de Oliveira (morto)

– 360, 2º sargento Manuel Lima (morto)

– 554, soldado Lourenço Rodrigues (morto)

– 562, Soldado João Correia (morto)

– 643, 2º Sargento António Joaquim de Sá (morto)

– 72, Soldado Francisco Emílio Machado (desaparecido)

– 180, Soldado Porfírio Barbosa (desaparecido)

– 243, Soldado Álvaro Gonçalves (desaparecido)

– 421, 1º Cabo Gaspar Rodrigues (desaparecido)

– 504, Soldado Guilherme da Cunha (desparecido)

 

2ª COMPANHIA

– 337, Soldado Silvério de Jesus Pires (morto)

– 389, Soldado João António Machado (morto)

-367, 1º Cabo Adelino da Silva Barbosa (morto)

– 387, Soldado António dos Santos (morto)

– 536, Soldado Manuel Ferreira (desaparecido)

 

3ª COMPANHIA

– 78, Soldado António Joaquim Francisco (morto)

– 287, Soldado José Maria Cerqueira (morto)

– 326, 2º Sargento Ernesto Pinho dos Santos (morto)

– 365, Soldado Alexandre Avelino de Almeida (morto)

– 385, Soldado Francisco Pinto (morto)

– 403, Soldado José Barbosa (morto)

– 404, Soldado João de Sousa (morto)

– 309, Soldado José Pacheco (morto)

– 359, Soldado José Luis (desaparecido)

– 479, 1º Cabo Manuel Pires Leitão (desaparecido)

4ª COMPANHIA

-274, Soldado Domingos Cerqueira (morto)

-375, Soldado José António de Campos (morto)

-342, Soldado José Maria Fernandes Júnior (morto)

-389, Soldado Manuel de Jesus Sousa (morto)

-449, Soldado Luis Moreira (morto)

-453, Soldado Manuel de Jesus Campos (morto)

– 475, 2º Sargento José Lourenço Godinho (morto)

– 482, 1º Sargento Adelino dos Santos Silva (morto)*

–       , Soldado António Martins (morto)

– 284, Soldado Manuel de Sousa Barros (desaparecido)

– 293, Soldado Manuel de Amorim (desaparecido)

– 298, Soldado José de Amorim (desaparecido)

– 322, Soldado Manuel de Sousa Peixoto (desaparecido)

– 485, Soldado José Maria Teixeira (desaparecido)

 

PRAÇAS SOBREVIVENTES E LOUVADAS NO RELATÓRIO DO COMANDANTE

 

1ª COMPANHIA

–       , 1º Cabo José Gomes da Costa

–       , 2º Sargento Manuel do Nascimento Dias Costa

–       , 2º Sargento Daniel Dias Ferraz

–       , Soldado José Gomes

–       , 2º Sargento Silvestre de Sousa

–       , Soldado João Baptista Martins

–       , Soldado Manuel Galvão

–       , Soldado António da Silva

–       , António Gonçalves Lobo

 

2ª COMPANHIA

–       , 1º Cabo Manuel Tinoco

–       , 1º Cabo Constantino Eduardo Azevedo

–       , 1º Cabo António da Silva Machado

–       , Soldado João de Araújo

–       , Soldado Manuel de Sousa

–       , Soldado Rodrigo de Oliveira

–       , Soldado Gabriel Custódio

–       , Soldado António Rodrigues

–       , Soldado António de Azevedo

–       , 2º Corneteiro José Pacheco

–       , Soldado Domingos da Silva

–       , Soldado Alexandre Macedo

–       , Soldado José Luis Mota

–       , Soldado Álvaro José da Cunha

–       , 2º Cabo João Falcão

–       , Soldado José Pinto

–       , Soldado José da Silva Gonçalves

 

3ª COMPANHIA

–       , 2º Sargento Manuel Rodrigues Pimenta

–       , 2º Sargento José Fernandes Coelho

–       , 1º Cabo José Luís Coelho

–       , Soldado Torquato Rodrigues

–       , Soldado Manuel Joaquim Antunes

–       , Soldado António José da Silva

–       , Soldado Francisco José de Barros

–       , 1º Cabo Enfermeiro João Pinto Cardoso

–       , 2º Sargento Manuel Rodrigues Pimenta

 

4ª COMPANHIA

–       , 2º Sargento Adelino dos Santos Silva

–       , 1º Cabo José Loureiro

–       , 2º Sargento António Manuel dos Santos

–       , Corneteiro Silvestre da Silva

–       , Soldado José de Barros

–       , Soldado António José da Rocha

 

PRAÇAS FERIDAS E TRATADAS NOS HOSPITAIS ALIADOS

 

1ªCOMPANHIA

– 557, 1º Cabo Joaquim Peixoto

– 353, Soldado Artur Dias Galvão

– 492, Soldado António Lopes

– 330, Soldado António Joaquim ?

 

2ª COMPANHIA

– 286, Soldado Alfredo Pereira

– 364, Soldado José da Sousa Silva

– 508, Soldado Albino da Silva

– 244, Soldado Laurentino Martins Afonso

– 569, Soldado Salvador Monteiro

– 451, Soldado Zacarias Pereira da Silva

 

3ª COMPANHIA

– 286, Soldado António Mitros

 

4ª COMPANHIA

– 475, 2º Sargento André de Lemos

– 276, Soldado Manuel Rodrigues

– 110, Soldado António Joaquim

 

Publicidade

Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Lusomotor
Rádio Alto Minho - CONTROLPESTE
Rádio Alto Minho - SofásZone

Publicidade

Rádio Alto Minho - Rocha Pneus
Rádio Alto Minho - Motriviana – CLÍNICA

Siga-nos

Comentários

Publicidade