EMISSÃO ONLINE
OUVIR
Nacional

MP de Bruxelas pode levar “semanas” a determinar causa da morte de jovem com raízes em Argela

Andrea Cruz

10 Setembro 2018, 17:11

Acessibilidade

Publicidade

O Ministério Público de Bruxelas diz que pode demorar "várias semanas" a determinar a causa da morte do jovem estudante português, com raízes na freguesia de Argela, no concelho de Caminha, cujo corpo foi encontrado no domingo à noite na capital belga. Segundo o pároco de Argela, Paulo Emanuel, os avós paternos do jovem tem uma habitação no lugar de Bouças, em Argela, sendo que a avó é natural daquela freguesia do concelho de Caminha. De acordo com o padre a família costuma passar alguns períodos naquela residência.

A procuradoria de Bruxelas confirmou que o corpo de Miguel Amorim de Lemos foi encontrado no domingo à tarde por pessoas que passeavam na floresta de Soignes, uma grande área florestal na capital belga, junto à qual o seu telemóvel tinha sido utilizado pela última vez e onde a polícia tinha já feito uma batida.

A polícia federal belga tinha lançado no sábado um apelo para encontrar o jovem de 21 anos, visto pela última vez na Universidade Livre de Bruxelas, onde estudava.

De acordo com as autoridades belgas, Miguel Amorim Lemos foi visto pela última vez na quinta-feira de manhã, na universidade.

Por volta das 11:00 locais de quinta-feira (10:00 em Lisboa), atendeu um telefonema.

O estudante, filho de pais portugueses, é descrito como tendo 1,97 metros, uma estrutura física magra, cabelos encaracolados e olhos castanhos.

O comunicado das autoridades belgas precisava que Miguel Amorim Lemos, que vivia a cerca de 40 quilómetros de Bruxelas, tinha por hábito passear na zona da floresta de Soignes.

Publicidade

Rádio Alto Minho - Census – noticia
Rádio Alto Minho - Eugenia Lopes (individual)
Rádio Alto Minho - BLISQ CREATIVE – Soluções de Web design, Publicidade e Marketing
Rádio Alto Minho - Lusomotor

Publicidade

Rádio Alto Minho - Cerqueira’s
Rádio Alto Minho - Eletro Borlido
Rádio Alto Minho - Biojaq NOTICIAS individual
Rádio Alto Minho - Valentim

Siga-nos

Comentários

Publicidade