Rádio Alto Minho

PUBLICIDADE

Rádio Alto Minho - Misturacor
Rádio Alto Minho - Roady
Rádio Alto Minho - INSOMNIA
Rádio Alto Minho - FBC Rent
Rádio Alto Minho - MCostas – Seat
Locutor
No Ar

Rádio Alto Minho

+Viana: Baltor – Engenharia e Construção

de Rui Gonçalves (RAM)

atualizado às 13:12,Sex, Janeiro, 2017   Download


+Viana: “Baltor – Engenharia e Construção”
Emissões: Sexta, 20.01.17 (12h30 e 18h30) | Domingo, 22.01.17 (20h)


Fundada em 2008 por Paulo Balinha e Bruno Torres, a Baltor, é uma empresa de engenharia e construção que procura incessantemente a qualidade, conforto, e excelência no relacionamento com os seus clientes. Com um portfólio de obras e projetos que se estende a todo o país, a Baltor é uma referência no sector, emprega 30 pessoas de forma direta e já assegurou o calendário de serviços para o presente ano e início de 2018. “Empreender soluções imobiliárias tendo como referência as pessoas” é a máxima da empresa sediada no parque empresarial da Meadela em Viana do Castelo.

Este mês o +Viana visitou a sede da Baltor e esteve à conversa com Paulo Balinha, um dos sócios fundadores da empresa.


OUVE A REPORTAGEM COMPLETA AQUI:



Fundada em Fevereiro 2008, a Baltor Engenharia e Construção Lda, é hoje uma empresa ajustada às dificuldades e vicissitudes do mercado nacional. A Baltor tem consolidado a sua carteira de clientes, no mercado nacional e internacional, ao nível das obras públicas e particulares, assente em valores que considera estruturantes: O engenho e a eficiência, aliadas ao compromisso e respeito. Foram esses valores, associados à vontade de dois ex-colegas de faculdade em assegurar o seu futuro, que levaram os Paulo Balinha e Bruno Torres, ambos engenheiros civis de profissão, a deixar os seus empregos para constituir a sua própria empresa.

Desde a sua formação, a Baltor tem conseguido um crescimento sustentado aliado a recursos, principalmente humanos, que a habilitam a encarar projetos de natureza e dimensão diversa. São estas valências, aliadas à experiência adquirida que permitem à Baltor encarar o futuro com alguma tranquilidade e ambição (ouvir áudio).



Com a sua atividade centrada na construção civil e nas obras públicas, a Baltor dedica-se essencialmente a essas duas grandes vertentes de intervenção. Tendo nos últimos anos sofrido uma evolução constante, em resposta a uma procura consistente, a Baltor oferece ainda um variado leque de serviços. Com o apoio de uma equipa multidisciplinar, a empresa procura dar resposta a todos os desafios que lhe são colocados.

A habitação é uma das áreas em que a Baltor tem apostado. Responder aos desejos do cliente, respeitando o projeto e a individualidade de cada solução e apresentar obras de chave-na-mão é um dos seus principais focos. Dar uma resposta imediata no desenvolvimento de hotéis ou projetos de turismo rural, sejam edifícios privados de habitação ou mesmo de carácter público é outra das suas capacidades. Executar todo o tipo de estruturas de apoio à indústria, seja ao nível de equipamentos de produção ou logística é também uma das suas valências. E na área das infraestruturas a Baltor também tem dado cartas no mercado. A empresa conta com uma equipa multidisciplinar que apoia o cliente em todas as fases do processo.

Mas como em qualquer outra empresa ou projeto que nasce de raiz, as dificuldades iniciais foram muitas. Para além das dificuldades de logística e falta de experiencia, os jovens empreendedores, fundadores da Baltor, enfrentaram ainda no início de atividade a chamada “crise” que se tinha acabado de instalar na Europa e no nosso país em particular. Contudo, para Paulo Balinha, esse período de recessão acabou por se transformar numa oportunidade para a empresa. A empresa penetrou no mercado em regime de subempreitada, beneficiando dos contatos privilegiados que os seus fundadores tinham junto das grandes empresas no sector.

Com os reflexos da crise a fazerem-se espelhar na atividade da empresa durante o ano de 2011, Paulo Balinha e Bruno Torres decidem reposicionar a Baltor. A empresa inicia então alguns trabalhos em empreitada geral e começa a sua busca por um tipo de cliente diferente. A mudança de estratégia da Baltor obrigou a uma restruturação da empresa, com redução do quadro de trabalhadores e assume um perfil de gestão de contrato (ouvir áudio).



Com créditos firmados, obra feita e clientes satisfeitos em praticamente todo o país, a Baltor, apesar da sua juventude, é já uma das referências nacionais no setor. Questionado sobre os principais desafios das empresas deste sector e da gestão da Baltor em particular, Paulo Balinha refere a imprevisibilidade da estabilidade politica do país como fonte condicionadora da carteira de obras de qualquer empresa neste ramo a médio prazo, bem como a dificuldade em receber dos clientes no setor publico. Com a capacidade que a empresa adquiriu nos últimos anos, a Baltor tem vindo a apostar cada vez mais em obras no sector publico. O ano 2017 deverá já representar 40% do volume de serviço na área pública.

Com um volume de obras que assegura a atividade da empresa para todo o ano de 2017 e inicio de 2018, Paulo Balinha refere a competitividade, a capacidade técnica e o “know how” da Baltor como os fatores diferenciadores que têm permitido alavancar o negócio. Efetuar propostas credíveis e realistas ao cliente, que não proporcionem surpresas desagradáveis no final, ser um parceiro em todas as fases do processo e entre todos os elementos da cadeia é a forma de estar e o “ADN” da Baltor.  Segundo o gestor, o balanço é naturalmente positivo (ouvir áudio).



Em termos de futuro, a Baltor pretende consolidar o trabalho dos últimos anos e tornar-se ainda mais eficiente. Crescer em qualidade e não em dimensão é o objetivo a médio prazo da empresa e dos seus gestores.


OUVE A REPORTAGEM COMPLETA AQUI:


+Viana: “Baltor – Engenharia e Construção”
Emissões: Sexta, 20.01.17 (12h30 e 18h30) | Domingo, 22.01.17 (20h)


Ficha técnica:
Produção e apresentação: Rui Gonçalves | Sonoplastia: Celso Carvalhosa
Apoios: Câmara Municipal de Viana do CasteloBlisq Creative

+Viana: Macedo & Macedo, Lda.3 meses

+Viana: Macedo & Macedo, ...3 meses

+Viana: Vamos “Reabilitar Viana” com...4 meses

+Viana: Vamos “Reabilita ...4 meses

+Viana: “SANITOP, liderança e...5 meses

+Viana: “SANITOP, lidera ...5 meses

+Viana: XPAND IT, Viana no topo da tecnologia6 meses

+Viana: XPAND IT, Viana no top ...6 meses

+Viana: LINK Cowork & Business7 meses

+Viana: LINK Cowork & Bus ...7 meses

+Viana: Auto Valverde8 meses

+Viana: Auto Valverde ...8 meses

+Viana: Baltor – Engenharia e Construção9 meses

+Viana: Baltor – Engenha ...9 meses

+Minho: Hotel Flôr de Sal10 meses

+Minho: Hotel Flôr de Sal ...10 meses

+ Minho: Galáxia Discos12 meses

+ Minho: Galáxia Discos ...12 meses

Blisq Creative