Quantcast
EMISSÃO ONLINE
OUVIR..

Acessibilidade

Publicidade

 


“ADORN”
Emissões: Domingo, 07.08.22 (20h)

O centro da cidade de Viana do Castelo viu abrir em Maio último, a ADORN, joalharia de autor, contemporânea, que junta no mesmo espaço outros objectos, aliados à interacção da manufatura das peças com o cliente que visita o espaço.

Lia Gonçalves é a mentora deste conceito, verdadeiramente inovador, e que mostra aos vianenses e não só, a arte de confecionar jóias únicas, feitas à medida e com diversos materiais, entre os quais reciclados.

O sucesso destes primeiros meses de atividade é assinalável, mas todo este processo começou há dez anos atrás, como veremos ao longo do programa deste mês.

Lia Gonçalves começa por nos explicar como, em determinado momento da sua vida, enveredou por esta actividade muito característica do norte de Portugal. Tudo começou com a frequência de um curso superior na área.

Embora sem raízes familiares, Lia Gonçalves explica-nos que, desde cedo, em casa se habituou a conviver com artigos de joalharia que os seus familiares usavam.

A região onde vive, Viana do Castelo, como outras pelo norte do país, tem uma grande tradição na actividade ligada a produção de peças de joalharia com materiais como o ouro ou a prata. (ouvir audio)


OUVE A REPORTAGEM COMPLETA AQUI:



Até chegarmos à abertura da joalharia ADORN, A nossa interlocutora percorreu todo um caminho que foi, no fundo, um caminho de aprendizagem onde se privilegiaram os contactos e a divulgação um pouco por Portugal e pelo mundo. Depois, começou a querer abrandar e a estabilizar o seu trabalho em Viana do Castelo.

 A joalharia de autor, é o autor que faz todas fases do processo desde a criação das peças, até à divulgação. Assim foram estes dez anos.

 Lia Gonçalves também nos explica como funciona o processo criativo na actividade da joalharia de autor, que passa também pela fidelização do cliente a partir daquilo e do impacto que é produzido.

 E a perspectiva do cliente? Como reage a todo o processo? Lia Gonçalves responde-nos com casos concretos. E termina, dizendo que há clientes que se tornam fiéis ao seu trabalho.

E de onde são os clientes da joalharia de autor? Mais internacionais, ou também há muito dentro de portas? (ouvir audio)


Viver e trabalhar em Viana e de Viana para o mundo, é possível. Foi esta constatação que levou Lia Gonçalves a abrir a loja de joalharia de autor e não só, a ADORN, uma loja que conjuga várias áreas.

Na ADORN envolve o cliente nas várias fases do processo de criação e confecção. É um co9nceito novo que se a nossa convidada introduziu no mercado da joalharia. Como se faz isso? (ouvir audio)


O staff que acompanha Lia Gonçalves neste projecto é de apenas três pessoas. A esta escala estes recursos humanos são suficientes?

Mas há outros designers que tem peças no espaço. O leque é rico e diversificado.

Recentemente a nossa convidada venceu o concurso de novos talentos promovido pela Câmara Municipal de Viana do Castelo. Explica-nos o trabalho que apresentou neste concurso.

E o que é que a mentora da ADORN joalharia prevê como projectos futuros?

Musicalmente, o final do programa deste mês coma ADORN joalharia, é uma escolha da nossa convidada que optou, também, por um projecto de Viana. (ouvir audio)


OUVE A REPORTAGEM COMPLETA AQUI:


“ADORN”
Emissões: Domingo, 07.08.22 (20h)


Ficha técnica:
Produção e apresentação: Fernando Serrão | Sonoplastia: Celso Carvalhosa
Apoios: Câmara Municipal de Viana do Castelo, Blisq Creative, Eurostyle Systems Portugal

Publicidade

Rádio Alto Minho - Hospital Particular 01
Rádio Alto Minho - Petropneus NOTICIAS
Rádio Alto Minho - Karuta
Rádio Alto Minho - HABITUAL
Rádio Alto Minho - Census – noticia

Publicidade

Rádio Alto Minho - CAMBÃO MOBILIÁRIO
Rádio Alto Minho - Nobre Movel
Rádio Alto Minho - Auto Valverde Geral

Siga-nos

Comentários

Publicidade